Avaliação econômica

Os elementos necessários para a avaliação são como se segue (os valores são apenas exemplo).

Dados de produção:

  • Nop: Número de operadores por turno na prensa na produção manual (1, 2 ou mais);
  • Nt: Número de turnos por dia (de 1 a 3);
  • Gg: Dias de trabalho por ano (220);
  • Npm/h: Número de dobras realizadas por hora no modo manual pela prensa (330 para peças pequenas, 210 para peças médias, 110 para peças grandes);
  • Npr/h: Número de dobras realizadas por hora no modo automático pelo robô (450 para peças pequenas, 350 para peças médias, 170 para peças grandes);
  • Nn: Número de horas noturnas de trabalho no modo automático sem a presença de operador (de 2 a 14);
  • Nc: Número de trocas de produção/turno (de 1 a 5);
  • Tc: Tempo para troca de produção (0,5 h);
  • Tpr: Tempo de programação: deve-se considerar uma parte de tempo necessária para a programação.

Dados econômicos:

  • Cop: Custo bruto anual de um operador para a prensa dobradeira (€ 30.000,00)
  • Cpressa: Custo de aquisição da prensa (de € 40.000,00 a € 150.000,00)
  • Crobot: Custo de aquisição do robô (de € 90.000,00 a € 220.000,00)
  • T1: Taxa de juros bruta (7%)
  • Dleas: Duração do leasing (5 anos)
  • Rp: Lucro unitário por dobra (de € 0,15 a € 1,00)
  • A avaliação prevê o cálculo do valor de NCF (fluxo de caixa obtenível apenas do trabalho de dobra) em 10 passos.
    Calcula-se o fluxo de caixa obtenível apenas do trabalho de dobra nas duas situações:

      • com o operador e a prensa no modo de trabalho manual;
      • com a célula robotizada no modo de trabalho automático;

Sorry, this content is available only for logged in users.


Login - oppure - register.